Pesquisar este blog

quinta-feira, 25 de abril de 2013

LINHA CRUZADA - FINAL





A noite quente atrai as pessoas pra rua e na favela dias como esse ruas, becos, escadinhas, biroscas, pracinhas ficam abarrotadas de gente. Apesar de estar um clima ruim, muita gente não se envolve nos assuntos do trafico e acaba não acreditando que estão sentados em cima de um barril de pólvora prestes a explodir. 
Micaela recebe todo atendimento, faz exames e logo é liberado pelo médico. Ela sai com ajuda de algumas amigas e pega um táxi pro morro. 
Por questão de minutos Tiago e Nina chegam ao hospital esbaforidos procurando por ela. E logo se informam com a atendente do pronto socorro.

__ Boa noite. Eu estou procurando uma paciente que deu entrada aqui.
__ Qual o nome dela? - (recepcionista) 
__ Micaela. 
__ A sei uma mocinha né... Que brigou né? Ela já teve alta.

Tiago comemora.

__ Graças a Deus então né. Se ela foi liberada pra ir pra casa é porque está tudo bem com ela e com o bebe.

A recepcionista olha como se algo estivesse errado.

__ Desculpa senhor. Mas acho então que não estamos falando da mesma pessoa.

Tiago já estava saindo quando ela fala isso. Nina segura o braço dele pra ele prestar atenção no que a moça fala.

__ Não entendi senhora... 
__ A moça que deu entrada aqui não está gravida. 
__ Então tem alguma coisa errada porque ela está. A senhora poderia deixar eu falar com alguma enfermeira pra saber melhor se é a mesma pessoa.
__ Sim claro. Dá uma chegadinha ali naquela salinha ali.

A mulher aponta pra sala de atendimento.
Nina observa e prefere ficar aguardando por Tiago. Ele vai ate a sala e chama por uma enfermeira.

__ Oi, boa noite! Eu estou procurando uma moça que foi atendida aqui. Micaela.

A enfermeira levanta com a ficha e mostra pra Tiago o nome todo de Micaela. Ele confirma ser a mesma pessoa. 

__ Ela já teve alta. 
__ Mas e o bebe? Está tudo bem né?
__ Bebe? Não, ela não está gravida. 
__ C0mo não! Ela está gravida senhora. Aconteceu alguma coisa? Não precisa me esconder nada. Eu sou o pai. 
__ Senhor, ela não chegou aqui gravida e nem abortando. Eu vou pegar os exames dela pro senhor ver e se acalmar. 

Tiago fica nervoso olhando lá pra fora onde Nina está.  A enfermeira volta com os papeis e entrega nas mãos de Tiago. 

__ Olha até pode levar pra ela. É o resultado do exame de sangue que fizemos nela, porque na dúvida. Ela fez raio x e sabe que temos que ter cuidados no caso de uma gestação. 

Tiago olha o papel muito nervoso. As letras parecem embaralhadas. A enfermeira aponta o resultado negativo. Nessa hora ele olha pra Nina e uma lagrima cai no rosto dele. Ele abraça a enfermeira numa euforia, agradecendo sem parar. A mulher não entende nada.



Ele sai como louco  pega Nina no colo e sai correndo do hospital com ela. Todos olham sem entender nada.

__ Tiagooooooo! Para com isso! O que aconteceu? Ela está bem? O Nenem está bem?
__ Meu amor, ela nunca esteve gravida! Ela não está gravida! 

__ Para de palhaçada! Me bota no chão.

Tiago a solta e mostra o papel.

__ Olha aqui! Olha aqui! Ela esqueceu os exames. Ela estava mentindo! Ela não estava gravida. 

Nina mesmo tentando disfarçar, sente uma felicidade imensa no coração.

__ Acabou o pesadelo amor. Agora a gente vai poder ser feliz. 

Nesse momento um carro para ao lado deles com uma musica alta. Tiago corre no motorista e pergunta se ele tem uma musica e pede pro homem se ele poderia botar pra ele fazer uma surpresa pra mulher da vida dele. O rapaz na mesma hora entra no clima romântico e por acaso  ele tem a Não há limites do Grupo Ta na Mente. 
Tiago volta correndo, para em frente a ela e fala.

__ Nina, você sabe que eu te amo desde o primeiro dia que eu olhei pra você. Lembra? Quando você chegou lá em casa. Te amei desde o primeiro segundo. Eu to aqui na sua frente de peito aberto te pedindo. Fica comigo pra sempre. Eu quero ser seu marido, quero cuidar de você, ficar ao seu lado pro que der e vier, quero que você seja a mãe dos meus filhos. Por favor seja minha mulher por que eu te amo muito.

Um monte de gente para pra olhar o que está acontecendo e ficam ali em silencio olhando pra Nina. 

Nina olha pra Tiago pensativa segura a mão dele e com a voz meio travada responde.

__ Tiago... Eu sei que eu demorei muito pra ceder, que eu fui cabeça dura, mas você me ensinou a te amar. Claro que eu quero ser sua mulher, quero ter filhos com você, quero ser feliz ao seu lado. Eu aceito...

Tiago a pega no colo e a beija. As pessoas comemoram aplaudindo. Os dois permanecem ali por uns segundos selando o amor. Ele agradece o rapaz pelo som e os dois caminham pra moto.

__ Agora nós vamos levar esse papel pra Micaela. Eu quero ver até onde ela vai.

__ Pra que Tiago! Vamos pra casa. Larga isso pra lá.

__ Não mesmo. Essa filha da puta quase fez eu perder a mulher da minha vida. Faço questão de levar pessoalmente esse resultado pra ela. 

Nina balança a cabeça.

__ Você que sabe. 

Os dois partem pro morro.

No morro Dédé com todos os seus homens armados até os dentes esperam uma reação de Michel. As pessoas passam e percebem a aglomeração de homens, mas apesar de estarem prestes a entrar em guerra transparecem uma excitação tão grande que confunde quem não sabe ao certo o que está acontecendo. Ali eles fazem gestos de intimidação, se drogam, e escutam proibidões que falam de guerras. Alguns ali acreditam que mostrar na pratica que é de guerra ganhará status no crime. Muitas mulheres ficam em volta tomadas pelo clima, pulando, dançando como uma grande torcida organizada.





Nesse momento o comboio de bandido já está a caminha do morro também.
Os carros, motos e van cheia de homens armados. 
Todos ali dispostos a matar ou morrer. Uns calados, outros tomando balinha e usando cocaína, todos com o mesmo proposito.
Michel vem no carro com Melissa  falando o tempo todo no celular. Melissa sente medo, mas não tem noção da gravidade do que está pra acontecer. Ela permanece observando em silencio. 
Tiago e Nina chegam no morro e sobem direto pra casa de Micaela. 
Os policias apesar de saberem que o morro está em pé de guerra parece fazer hora pra primeiro deixar eles se matarem e só depois vim varrendo o que restar de pé. 
Andre e Mario se preparam junto com outros policias se preparam no batalhão mais próximo da favela.

No caminho o comboio de Michel praticamente passa sem grandes problemas, mas um dos carros se perde dos outros e se depara com uma viatura. Ali eles abrem fogo contra a policia e em alta velocidade fogem até bater com o carro. Os 6 homens descem do carro armados de fuzil e correm pela rua cercam um carro pra rouba- lo. Um casal com uma criança entra em panico quando são cercados. Todos começam a gritar simultaneamente. Vira um caos generalizado.

__ Desce porra! Desce! - Grita um dos traficantes 
__ Pelo amor de Deus! Levem o carro mas deixa a minha família  - O homem implora pela segurança da família.
__ Desce caralhoooo! Saí saí porra.

A mulher grita muito nervosa tentando pegar a filha atras. Um dos bandidos a pega pelos cabelos e a joga pra fora do carro. O casal grita desesperadamente pela criança que logo é tirada do carro pelos bandidos que fogem em seguida. 
Eles conseguem escapar da policia e seguir pra favela. 

Tiago e Nina Chegam na casa de Micaela. Ela esta sentada na sala e quando vê Tiago faz aquele drama.

__ Oi meu amor! Graças a Deus que você está aqui. 

Ela o abraça, mas ele tira os braços dela. 

__ E o bebe? Esta tudo bem? 

Micaela dá um passo pra traz e estranha o jeito de Tiago.

__ O que houve meu amor? 

Nina percebe que eles precisam ficar a sós. 

__ Gente eu vou dar uma volta pra vocês conversarem melhor. 

Nina sai e resolve andar um pouco pra tentar ver a mãe e os irmãos, pois a saudade deles é grande e mesmo sendo renegada pela mãe ela quer contar que vai se casar com Tiago. 

Michel  deixa Melissa próximo ao morro pra ela subir de moto.

__ Desce aqui.
__ Ah não Michel! 
__ Porra! Desce aqui! Eu to mandando. Pega a porra da moto e vai direto pra dentro da casa da minha mãe. 
__ Mas você vai pra onde? 
__ Oh filha da puta, não era nem pra você estar aqui. Já ta me atrasando. Vai desce. Eu vou entrar pelo outro lado com os caras. 

Melissa olha pra Michel e algo no seu coração a entristece. Ela o abraça e o beija sentindo uma saudade como se ele não fosse mais voltar. Ele passa a mão na barriga dela e manda ela descer.

__ Vai minha princesa. Desce...

Ela desce e fica olhando ele seguir com o carro. Logo ela faz sinal pra um moto táxi que esta passando. 
Michel chega no ponto de encontro e já é recebido pelos homens que chegam quase que junto com ele.

__ E aí irmão! Vamos fazer a limpa nessa porra! Ninguém vai tomar seu morro não porque nós ta junto nessa porra! 

Ele já pega fuzil, pistola, munição e granadas e começa a subir o morro com os outros. Eles entram por um lado que Michel sabe que não terá muita resistência.

Em outro clima, Andressa que é so felicidade junto com o filho e com Alessandro. Mas ela sente falta das ligações de Melissa e tenta entrar em contato. Mas o celular chama e ninguém atende.  
Tiago e Micaela continuam conversando e ele questiona novamente sobre o bebe.

__ O meu filho? Você brigando por aí... Podia ter feito mal a ele. 
__ Mas ele está bem meu amor. 

Micaela pega a mão de Tiago e coloca na barriga dela. Ele tira a mãe dela.

__ Por que você está fazendo isso? Mentindo assim.

O coração de Micaela dispara na hora mas ela não imagina que ele tem o exames nas mãos.




__ Mentindo de que Tiago?

__ Para de ser fingida. Você não está gravida porra nenhuma! Olha aqui seus exames.

Ele esfrega o papel na cara de Micaela.

__ Me entregaram no hospital os resultados. Porque você estava fazendo isso? 

Micaela percebe que não tem mais saída e tenta apelar pro drama. 

__ Por que eu te amo! Por isso que eu fiz isso!Me perdoa por favor! 

__ Você é louca... 

__ Calma! Vamos conversar. Pelo menos deixa eu me defender. Por favor. Te imploro.


Tiago quer deixa-la ali mas por ter um bom coração senta pra ouvir o que ela tem a dizer. 


Nina anda pelo morro quando percebe um bando vindo pelos cantos, se arrastando como numa guerra.  Ela percebe que algo de errado esta acontecendo. Mas continua andando quando derrepente ela se depara com Michel. 

Nossa! o coração dela dispara de tal forma que parece que ela vai enfartar. 
Ele também se assusta ao dar de cara com ela e fica paralisado. Os caras vão descendo e param pra fazer a contenção de Michel.
Os dois se olham e Michel se aproxima de Nina constrangido.

__ Oi minha princesa.

__ Oi Michel.

__ Eu sinto sua falta princesa.

__ É? Mas não deveria. Lembra que você me abandonou ao Deus dará? Pra ficar com aquele branca azeda patricinha. Você jurou que nunca ia me abandonar. Lembra? 


Michel apesar de ser frio em muitas situações, sente algo no coração que jamais sentiu. Ele sente arrependimento. E lamenta.

__ Poxa minha princesa. Me desculpa. Eu não queria fazer isso com você. Eu sinto muito mesmo. Eu só fiz isso porque ela falou que estava gravida. Me perdoa? 


Nina começa a chorar e sai. Ele coça a cabeça e pede pros amigos so 3 minutos. 

__ Irmão. 3 minutos só pra eu resolver isso. Aqui tá tranquilo pra gente. Eu tenho gente minha aqui. 3 minutos. 

Ele corre atras dela e a segura pelo braço. 

__ Me solta Michel. Me deixa em paz. 

__ Por favor. So 2 minutos. So isso que eu te peço. 

Ele olha pro lado e vê a casa da mãe de santo dele. Puxa nina la pra dentro.

__ Entra aqui rapidinho. 

Nina tenta resistir mas acaba cedendo.

__ Minha princesa. Eu só preciso que você me desculpe. So isso. Eu to te falando de coração. É você que eu amo, você que é a mulher que eu amei de verdade. Me desculpa? Eu sei que eu errei. So quero te pedir uma coisa porque eu nem sei se eu vou estar vivo amanha. 

Michel derrama uma lagrima e isso mexe com o coração de Nina. Ele se aproxima dela e a beija.





 Mas logo a mãe de santo interrompe.

__ Meu filho. O que você está fazendo aqui?

__ Oh mãe!  Vim pegar de volta o que é meu. 


Nina fica ali estatelada olhando pra Michel sem conseguir nem respirar direito.


__ Eu to aqui fazendo de tudo pra te proteger. Tira esse cordão e bote suas proteções. 

A mãe de santo vai buscar as guias de Michel. Ele olha pra Nina e se aproxima novamente dela.

__ Minha princesa eu quero que você fique com isso.

Ele tira o cordão e coloca na mão dela. Ela  começa a chorar de soluçar. 
A mãe de santo entrega as guias a ele. 
Michel dá um beijo na testa de Nina e saí. 

__ Vamos descer! Agora o assunto é de bandido! Vamos atras daquele verme! 





Eles começam a descer em posição de confronto. Nina corre pra porta e olha Michel indo com os outros. A mãe de santo a conforta. 

Melissa consegue chegar a casa da mãe de Michel. Assim que entra percebe que o clima não está bom entre Tiago e Micaela.

__ Oi gente. Desculpa atrapalhar. É porque o Michel mandou eu ficar aqui. 

__ Tem problema não aqui também é a casa dele cunhada. Fica tranquila.


Melissa muito sem graça senta no sofá. Ela esta nervosa mas tenta não demostrar. 
Segundos depois ela escuta tiros.

__ Aí meu Deus o que é isso? 

Micaela estranha também e tenta identificar de onde vem aquele barulho.

Michel encontra alguns homens do bando de Dede e já deixa dois estirados no chão. Os homens descem o morro gritando.

__ É o Michel porra! É o bonde do Michel caralho! 

Em outra parte do morro Dédé escuta os tiros e todos começam a se posicionar pra bater de frente com Michel. 

__ Deixa esse cuzão chegar! Eu que quero o sangue dele! 

Dédé pega um radio e começa a gritar.

__ Pode vim filho da puta! To te esperando aqui! 

Michel escuta o radio transmissor.

__ Tu é um verme Dédé. Mexeu com o cara errado. Aqui é o Bonde do Michel! 

Quando Michel esta falando um homem dá uma rajada em cima deles. Dois são baleados e começam a ser carregados por amigos. Michel grita pra carregar os baleados pro alto do morro na casa de uma mulher que trata de ferimentos.

__ Sobe com eles lá pra casa da tia que cuida disso. Leva,  leva eles! O resto continua comigo! 

Eles continuam descendo. 

Melissa e Tiago entram em desespero em casa.

__ Aí meu de Deus! O Michel! 
__ Porra pra onde que a Nina foi? Esses tiros aí. - Tiago fala preocupado.

As pessoas começam a correr pra dentro de casa, trancar as portas as janelas. Na rua agora so bandido mesmo. 
A policia chega com mais de 300 homens e começa a cercar o morro. Os fogos começam a estourar nas entradas pra alertar a presença de policia.
Andre fica ansioso pra entrar no morro. Ele vê ali uma oportunidade única pra pegar e matar Michel. O tiroteio fica mais intenso em alguns pontos do morro. Tanto homens de Michel, quanto de Dede morrem e ficam estirados em escadas, becos e lages. O morro começa a ficar banhado de sangue. 



Marluce tranca a casa toda e começa a orar sem parar de joelhos. Apesar de estar sozinha em casa ela se sente protegida por Deus e ali ela permanece. 
Na casa de Micaela, Melissa começa a passar mal. 

__ Calma! Olha o nenem. Fica calma! 

Tiago olha nervoso pela janela querendo saber de Nina. 

__ Está doendo muitoooooo! Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh meu filho ta morrendo! Ta doendooo! 

Micaela fica desesperada pois a mãe não está lá pra ajudar. 

__ Ain meu Deus o que eu faço? Ela está passando mal. E agora? 
__ Me ajuda por favor!  Ta doendo muito! 

A policia começa a subir e logo Andre sai de fininho por um outro caminho. Mario percebe e vai atras. 




__ Vai pra onde rapaz? 
__ Vou fazer o que eu tenho que fazer! 
__ Ta maluco! Ta louco! Olha as armas dos caras! 
__ Eu vou assim mesmo. Mesmo que eu morra. Eu vou... 

Andre continua subindo. 

Tiago não aguenta e sai pra procurar Nina.

__ Eu não vou ficar parado aqui. Vou atras dela! 
__ Não Tiago! Não faz isso! - Micaela tenta segurar ele.

Ele sai pelos becos gritando por Nina. 

__ Meu pai que loucuraaaa! Meu deus é o meu irmão, é o Tiago, é você passando mal. Meu Deus! Espera que eu vou esquentar água pra fazer compressa na sua barriga. 
Quando Micaela saí, Melissa sente uma dor tão forte que ela não aguenta ficar ali e sai correndo pra tentar socorro. 
Ela vai se arrastando pelos becos e percebe que está perdendo sangue. Mas não tem ninguém no caminho.

__ Me ajuda por favor... Alguém me ajuda...

Andre continua subindo com Mário e poucos minutos depois se depara com Melissa sentada no chão, chorando, sangrando. 

Ele não acredita no que está vendo. 

__ Minha nossa senhora! O que você está fazendo aqui nesse estado? 

Melissa olha pra Andre e se lembra dele.

__ Me ajuda moço... Meu filho ta morrendo. Me ajuda por favor. 

Andre olha pra um lado e pro outro. E pega Melissa no colo pra descer com ela pra um hospital. Mario ajuda fazendo a contenção dos dois. O tiro comendo, gente morrendo. Michel continua andando atras de Dédé e vice versa. 




Andre carrega Melissa que chora de dor em seus braços, quando em relance ve Michel de costas em outro beco. Ele para derrepente e coloca Melissa no chão. A sede de vingança é tanta que ele fica cego. Ele pega o fuzil que estava atravessado nas costas dele e aponta pra Michel. É a grande oportunidade dele colocar em pratica tudo que planejou por muito tempo. 
Melissa chora desolada.

__ Meu filho esta morrendo... Por favor não me deixa aqui assim. Eu te imploro. Me ajuda.

A voz dela começa a entrar em seus ouvidos e aos poucos ele vai afastando-se da mira e olha pra ela, lá desprotegida, chorando, sofrendo naquele chão. Por um segundo a voz do pastor revelando as coisas pra ele vem a mente e algo de muito divino toca seu coração. Andre nesse momento desiste da vingança e escolhe Melissa. Ele se abaixa e a acalma.

__ Eu vou tirar você e seu bebe daqui. Fica calma. Eu não vou te deixar sozinha. 

Melissa olha bem nos olhos de Andre e sente que está protegida com ele. 
Ele a pega nos braços novamente e continua descendo. No meio do caminho tiros são disparados em direção a eles. Matos manda Andre seguir com Melissa que ele dá cobertura. 

__ Vai segue com ela! Desce e socorre ela. Eu vou conter eles aqui pra você passar. Vai! 

Mario dispara tiros pra Andre conseguir descer. Ele consegue chegar até um carro da policia e corre com Melissa para um hospital. 
Tiago que não conhece muito bem o morro se perde e não consegue retornar pra casa de Micaela. 
Ele parece andar, andar e sempre sair no mesmo lugar. Mas como um jogo de azar, o azar é certo. Ele bate de frente com Michel. 

__ Epa! Peguei! 

Tiago olha assustado.

__ E não é que eu vou matar dois coelhos numa cajadada só. Chegou a tua hora! Tu ficou em cima da minha mulher até conseguir levar ela né malandrão. Agora você vai morrer! Agora não tem mamãe, nem papai. Vai morrer!

Michel da gargalhadas e aponta a arma pra Tiago.

Derrepente um tiro. Michel  abaixa a arma e leva a mão no peito.

Nina sente uma dor no peito e sente que Michel esta morrendo. Ele se desespera e sai correndo da casa da mãe de santo.
Os homens que estão com Michel correm pois não sabem de onde estão vindo os tiros e por não conhecerem Tiago eles acabam não fazendo nada com ele. Nesse momento outro tiro acerta a cabeça de Michel e ele cai. Tiago apavorado não sabe o que fazer. Se corre, se fica. Até que Mario sai de dentro de uma casa. Ele estava na lage e de lá acertou Michel. Tiago se espanta por ser um policial. 

__ Senhor, eu não sou bandido não! 
__ Fica tranquilo rapaz. Eu sei. É melhor você ir pra um lugar protegido.
__ Obrigado por me salvar. Eu to procurando a minha mulher. 
__ So cumpre com meu dever. Mas assim é perigoso você ficar. O morro está em guerra. Ela deve estar dentro de alguma casa.

Michel ainda vivo agoniza no chão. E parece querer falar, pedir socorro, ajuda ou coisa parecida. 
Quando Tiago resolve descer. Nina aparece e fica em estado de choque ao ver Michel no chão.

__ Ninaaaa! Onde você estava? Eu estava atras de você. 

Ela parece não escutar e caminha em direção a Michel, se ajoelha e ali ela fica olhando pra ele, acariciando o rosto dele. Ele tenta falar com ela, mas a garganta cheia de sangue não permite.
Ela beija o rosto dele e fala em seu ouvido chorando muito.

__ Michel. Eu te perdou. Eu te perdou. Eu sempre te amei e sempre vou te amar. Ta escutando? Eu sempre te amei mais que tudo nesse mundo. Eu te perdou. 

Michel num ultimo sopro de vida segura a mão de Nina com força e aos poucos vai perdendo as forças e solta. 

__ Meu Deus! Ele morreu! 




Tiago abaixa, abraça Nina e a chama pra ir embora. 

__ Vamos meu amor. Acabou. Vamos embora. Ele não está mais aí. 

Ela abraça Tiago e vai caminhando olhando pra trás como se estivesse rompendo pra sempre com Michel. Mario vai com eles até um lugar protegido. 
No hospital Melissa grita de dor e Andre fica ao lado dela o tempo todo.

__ Calma! Vai dar tudo certo! Seu bebe vai ser salvo. Calma. 

Melissa abraça André com muita força.

__ Obrigada por não me deixar sozinha. 
__ Fica tranquila. Eu estou aqui. 

A policia consegue cercar o morro todo e prende Dédé dentro de uma casa. Nina e Tiago caminham quando passam pela porta da casa da mãe dela. Nina olha mas não tem coragem de bater. Ele vão pra casa de uma amiga de Nina. 
Ainda no hospital, os médicos chamam Andre pra falar sobre o situação de Melissa.

__ O senhor está acompanhando a Melissa? 
__ Sim. Estou.
__ O senhor é o pai do bebe?

Andre olha pra um lado e pro outro.

__ Sim. Sou.
__ Infelizmente fizemos tudo que podíamos  mas ela teve um descolamento de placenta e o bebe acabou não resistindo. Agora ela está sedada e só amanha que vai receber a noticia. 

Andre fica ali sem saber o que fazer e resolve passar a noite com ela no hospital. Ele liga pra Mario pra avisar.

__ Oi parceiro. E a situação aí? 

Ele recebe a noticia que Michel está morto e que Dédé foi preso.

__ Morto? Foi tarde! Olha eu to com a moça aqui no hospital. Vou ficar aqui até resolver tudo aqui. 

Ele desliga e vai pro quarto. Lá fica olhando Melissa dormir.

O dia amanhece. O morro lavado de sangue. Muito luto de um lado e de outro. Mães, filhos, irmão, avós, choram seus mortos nos vários velórios e enterros. Mas a rotina do morro vai voltando rapidamente.
No cemitério lotado A mãe de Michel chora em cima do caixão do filho.

__ Meu filho, eu pedi tanto pra você sair dessa vida. Eu pedi tanto meu filho! Porque você não ouviu a sua mãe? Porque Michel? 

Todos olham comovidos. Muitas mulheres choram em volta do caixão de Michel. 

Em casa Nina triste, Tiago tenta conforta-la.

__ Não fica assim não. 
__ Eu to aqui pensando que eu nunca imaginei que o Michel fosse morrer nos meus braços. Que eu não estaria no enterro dele. Eu nunca pensei nisso.
__ Você quer ir no enterro?

Nina pensa.

__ Não. Melhor não. Eu ja me despedi dele. 
__ Melhor assim meu amor. Melhor assim. 

Andressa acorda e ve o noticiário sobre a morte de Michel e liga desesperada pra Melissa. Quem atende é Andre que dorme sentado, fardado. 

__ Oi.
__ Quem está falando? Cade a Melissa?
__ Desculpa. Eu sou Andre. Um amigo dela. Eu estou com ela no hospital. 
__ Mas porque ? O que aconteceu? 
__ Ela passou mal, infelizmente perdeu o bebe.
__ Qual hospital? Eu vou agora aí. 

Andre passa o endereço e continua lá até Melissa acordar. 

__ Oi gatinha. Como você está?
__ Eu to bem. Dormi muito? 
__ Não, normal.

Melissa olha pra Andre de farda.

__ Nossa você ainda está de farda? Quem diria né. 

__ É quem diria que um dia eu estaria aqui com você.

__ Cade os médicos? Quero saber do meu bebe.

__ Melissa... Eu tenho que te falar uma coisa.

__ O que foi?

__ Seu bebe... Infelizmente...

__ Eu perdi meu bebe? 


Melissa fica em silencio, triste e chora. Andre se aproxima e faz carinha nela. 

__ O que você estava fazendo lá naquele lugar? 

Andressa pensa duas vezes e responde. 

__ Na casa de uma amiga.
__ É né. O chefe do trafico lá morreu na guerra.
__ O que? -  Melissa dá um pulo da cama.
__ Ué você conhecia ele? 

Andressa entra na hora e interrompe a conversa. 

__ Melissaaaaaaaa! 

Melissa começa a chorar e abraça Andressa falando no ouvido dela.

__ Meu bebe morreu... O Michel morreu amiga. 
__ Xuuuu não fala nada. Não fala mais nada. 

As duas ficam ali abraçadas se consolando.




Os dias passam. A vida volta ao normal. As pessoas trabalhando, subindo e descendo o morro, as ruas lotadas, carros, motos pra tudo que é lado. 
Tiago acorda Nina com café da manha. Ao dar a primeira golada no cafe com leite sente vontade de vomitar. Ele não entende nada. Ela corre pro banheiro e vomita. 
Quando ela volta ele olha pra ela sem entender. 

__ Enjoada?
__ É enjoada... Eu vou ao medico ver o que é isso. 
__ É bom né.

Passam uns dias... 

Melissa esta em casa quando alguém avisa que um amigo a aguarda do lado de fora. 
Quando ela sai vê Andre encostado no carro com flores nas mãos.  Ela sorri e caminha na direção dele.

__ Vim te ver te convidar pra passear comigo.

Ela pega as flores e sorri.

__ Aceita sair comigo?
__ É até que é uma boa ideia. To precisando espairecer mesmo. 
__ Então posso vir a noite te buscar?
__ Pode sim. 

Os dois conversam e ali começa a nascer uma historia. 
Marluce recebe a noticia que Matos foi transferido pra um presidio semi aberto e comemora muito, ajoelha pra agradecer a Deus por essa vitória. 
Nina vai buscar o resultado dos exames que fez e ao abrir os resultados constata que está gravida. Ela sorri com a mão na barriga e liga pra Tiago.

__ Tiago! Você não vai acreditar! Eu to gravida! 
__ Gravida meu amor! Caramba que felicidade! Gravida! Eu vou ser papai! 
__ E eu mamãe! 
__Vem logo pra casa.
__ Calma que a moça conseguiu me encaixar aqui pra fazer logo uma ultra. Assim que eu acabar eu vou pra casa. Bjs mô te amo.
__ Também te amo. 

Nina volta para fazer o exame. Ela deita e fica olhando a tela do computador. Aos poucos uma imagem meio estranha aparece. O medico olha sorrindo e fala.

__ Olha o seu bebe aí...

Ela olha sorrindo.

__ Bem pela ultra você está com com um pouco mais que  8 semanas.

Nina se espanta e olha pro médico




__ Como assim 8 semanas? Oito semanas são mais de 2 meses? Como assim? 
__ Isso mesmo. Um pouquinho mais de 2 meses. 

Nina olha pra tela e começa a chorar. 

__ Meu Deus... Um filho do Michel...

Ela acaba o exame e vai pra casa. Ao chegar Tiago a aguarda todo feliz e vem abraça-la.

__ Tiago. Eu tenho que te falar uma coisa. Eu to gravida de... -  Ele tampa a boca dela.
__ Meu amor. Não importa nada. Nós vamos ter um filho. Meu e seu. Eu te amo. Quantas vezes vou ter que falar isso.

Nina o abraça com muito amor.

__ Obrigada. 

Os dois correm pra contar pra todo mundo a novidade. 

Os meses passam e Nina já perto de ganhar nenem sente as contrações. Tiago desesperado corre pra arrumar carro, carrega a bolsa do nenem e vai pro hospital. 
Ela dá a luz a um menino lindo e saudável. Quando está no quarto Tiago bate na porta e fala que tem uma visita pra ela. Quando entra a mãe dela. 
Nina começa a chorar na hora que vê a mãe.

__ Mãe! 
__ Oi minha filha. Eu vim ver meu neto e te ver. 
__ Mãe me perdoa por tudo que fiz. Eu mudei. 
__ Ah minha filha esquece isso tudo. Deixa eu ver meu neto.

A mãe de Nina olha o bebe e olha pra Nina.

__ Nina, esse menino...
__ Mãe... Não fala nada. 
__ Tudo bem minha filha. Vamos esquecer tudo que passou. E não quero mais ficar longe de você ouviu bem.

Tiago entra e os três ficam ali babando a criança que mama igual um bezerro. Neste mesmo dia um outro evento esta acontecendo. Melissa e Andre se casam na igreja evangélica que Mario e a família frequenta. Andre com a farda oficial cheio de pompas aguarda Melissa que chega lindíssima vestida de noiva. Andressa e Alessandro e toda família assistem o casamento emocionados. 
Andre resolve falar umas palavras pra todos.

__ Eu queria dar um testemunho aqui. Ha um tempo atras eu era outra pessoa, so pensava em vingança. Carregava ódio no coração, queria ver o mal acontecer pelas minhas próprias mãos. Mas Deus tinha um proposito bem maior na minha vida e assim ele colocou no meu caminho um homem bom. 

Andre aponta pra Mario. 

__ Aquele homem alí. Ele foi um presente de Deus e como um anjo, ele esteve ao meu lado até o dia que eu abri meu coração pra Jesus entrar de verdade. Foi o dia que Deus colocou a mulher da minha vida no meu caminho. Por ela eu abandonei esse lado ruim, vingativo, e comecei uma nova vida. Essa mulher que hoje eu estou me casando me salvou. Eu queria só dizer isso pra todo mundo mesmo. Melissa obrigado por você entrar na minha vida.

 Ela o abraça e o beija apaixonada. 
Todos emocionados assistem o casamento e depois vão pra festa chiquérrima que a família de Melissa preparou pra ela. 
A vida segue pra todos. Cada um com seus vitorias e derrotas. Tiago e Nina cuidam do filho, Alessandro e Andressa vivem felizes com Alec, Melissa e Andre começam uma nova vida juntos. Micaela continua lá pelo morro pra cima e pra baixo namorando um bandidinho lá. Assim passa um ano. 
Ainda no morro Marluce recebe uma ligação e pula de alegria, desliga e sai correndo trocando de roupa.  Chegou o grande dia. Ela chega a porta da cadeia e fica lá sozinha. Derrepente o portão faz um barulho e quando ela olha, Matos está livre, saindo da cadeia de cabeça erguida. Ele sabe que será difícil  mas não desiste de continuar no caminho certo, do bem. Marluce chora muito e corre pra abraça-lo. 

__ Não te disse meu amor. Que uma hora esse inferno ia acabar. Eu to aqui. Estamos aqui, juntos, firmes e fortes. Agora vamos embora pra nossa casa e esquecer isso tudo! 

Os dois caminham de mãos dadas por todo complexo penitenciário. Matos sente uma felicidade inexplicável  Parece querer respirar todo ar existente ali fora, olha tudo como se fosse a primeira vez.
Ele agora sabe que tem uma missão. Tentar resgatar pessoas envolvidas no Trafico de drogas ou que usam drogas. Ele tem esse propósito  e vai segui-lo. 





No morro Nina e Tiago comemoram aniversario de um ano do Filho. Uma festa toda montada pela avó coruja. Nina , Tiago e o filho ficam atras do bolo cantando parabéns e Algo chama atenção dela. Ela olha pro outro lado atras de todos os convidados e ve uma luz branca e aos poucos ele consegue enxergar Michel que com um aspecto sereno olha pra ela e pro filho com amor. Ela segura as lagrimas que chega doer a garganta e logo ele some. Ela abraça Tiago e fala no ouvido dele.

__ Te amo. 
__ Eu também te amo amor. 

A vida segue pra todos. Cada um com seu proposito, com suas escolhas, com suas vitorias e derrotas, mas todos seguem sem medo. 


                                                                       ~~ FIM ~~










































12 comentários:

  1. caralho bibi to chorando juro por DEUS, vc tá de parabens Bibi adorei a novela, mesmo de coração.
    Espero q a proxima novela possa vir logo e bem legal como essa.
    Bbi te desejo todo sucesso pois vc tem talento, vc merece e muuuuuuuuuuito, Deus te abençõe bjks

    ResponderExcluir
  2. Ainnn... ameiiiii... que venha a próxima!!! Parabéns!!

    ResponderExcluir
  3. Nossa muito bom, muito bom mesmo!!! Ameiiii... quero mais agoraaaa...

    ResponderExcluir
  4. Nossa chorei, partes cheguei a me arrepiar, muito bom mesmo!!! q venha a aproxima, e sei q vai ser ótima tmb, pois você tem muito talento .. beijos

    ResponderExcluir
  5. caramba bibi foi tudo essa novela ,já estou com saudade !
    que pena que o michel morreu!como fiquei triste ,mais só assim pra nina ser feliz com o thiago !ADOREI MERECE OUTRA .bjos

    ResponderExcluir
  6. Chorei com esse final!!!
    O michel poderia ter varias mulheres mais ele realmente amava a nina,pena q ele morreu e não pode ver q ela estava esperando um filho dele,mais o amor deles dois se concretizou no filho deles...Lindoooo não consigo torar essa história da minha mente.
    Vc BiBi tá de parabéns.

    ResponderExcluir
  7. pois eu gostei do michel ter morrido,tava torcendo pelo thiago que foi o que realmente a amou de verdade,michel nao a amava apesar de ter dito no final,ele tinha era sentimento de posse por ela,e uma sutil competiçao com o thigo querendo provar que ele a tinha quando bem queria,amei esse final,parabens Bibi,aguardando ansiosa a proxima novela,por favor nao demore muito a poostar,sorte na sua vida e futuro promissor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei o final e concordo com a Luna, bibi esta de parabens

      Excluir
  8. Fabiana , voce ta de parabéns pela historia !
    O amor do Thiago pela Nina ultrapassou tudo .

    Choreiii *-------------------*

    quero mais e mais !

    ResponderExcluir
  9. Lindo MT lindo ... Essa realmente e a realidade da vida ... você e guerreira sei bem como é isso ... PARABENS E SUCESSO!

    ResponderExcluir
  10. Chorei mto 😢😢😢 não queria que o Michel morresse... mais é a vida ne😢😢😢😢

    ResponderExcluir
  11. Tô em êxtase ate agoraaa !! Comecei a ler ontem a novela e terminei hoje. Bibi vc está de parabénsss....muiioto boa ! Mas confesso que não queria que o Michel morresse ;) #realidadepura

    ResponderExcluir